As principais raças de cavalo

Árabe, Puro Sangue Inglês, Lusitano, Andaluz, Percheron, Quarto de Milha e Appaloosa são consideradas as principais raças de cavalo. Elas são as mais numerosas, as que têm o maior número de criadores e também as mais versáteis.

O Árabe é a raça mais antiga do mundo e deu origem a todas as outras. Existem registros de sua existência na câmara mortuária de um faraó egípcio que viveu no século 20 a.C. Com altura entre 1,47 e 1, 57 metro, esse cavalo é usado para sela, corridas, saltos de obstáculos, lida de gado e lazer. Na sua história, serviu de montaria para os famosos conquistadores, como Alexandre, o Grande e Napoleão. É um animal leve, ágil e com excelente mecânica de salto, coragem, inteligência e elegância nos movimentos. São encontrados nas pelagens: tordilho, alazão, baio, ou castanho e sinais particulares são comuns. Pesam entre 386 e 454 kg.

O Puro Sangue Inglês, é uma raça selecionada na Inglaterra pelo cruzamento de três garanhões puro sangue árabe com éguas da Inglaterra e da Royal Mares da península Ibérica no século 17. Essa seleção foi feita com o objetivo de obter cavalos para corrida de longas distâncias, no entanto, hoje ele é usado para corridas curtas. É o principal cavalo de corrida do mundo, são animais velozes e bem proporcionados que possuem capacidade atlética, vigor físico e mental. Com altura entre 1,62 e 1,67 metro, esse cavalo é de grande beleza e classe, perfil reto ou levemente ondulado. É usado para sela, corridas planas e esportes. É a raça mais cara, um garanhão Puro Sangue Inglês foi avaliado em 4 milhões de dólares.

O Lusitano, é uma raça típica das planícies quentes se secas do sudoeste da Península Ibérica, sendo o cavalo de sela mais antigo do mundo. Sua altura média é de 1,52 a 1,62, com porte grande, é bastante parecido com o Andaluz, e é o preferido dos toureiros de Portugal, nos últimos anos conquistou admiradores pelo mundo, inclusive no Brasil. É importante dizer que o Lusitano cresce até os sete anos, só aí atinge a maturidade, quando estará totalmente formado, lindo, cheio de brio e postura. É um cavalo versátil cuja docilidade, agilidade e coragem lhe permitem atualmente competir em quase todas as modalidades do moderno desporto equestre: adestramento, alta escola, salto, enduro e tração ligeira, sendo, no entanto, imbatíveis no toureio equestre.

O Andaluz, é típico do sul da Península Ibérica, sendo o mais antigo cavalo de sela da civilização ocidental, embora não seja muito veloz, ágil e atlético. Originário dos cruzamentos com cavalos berberes, durante o domínio mouro. Também conhecido como Cavalo Colonizador, entrou na formação das princiapais raças atuais. Com altura média de 1,57, essa raça é bastante usada em selas, touradas, adestramentos e shows. O Percheron é originário da região de Le Perche, no nordeste da França, sendo elegante e de porte vigoroso. É o mais alto entre as principais raças, com altura média entre 1,5 e 1,8 metro, apesar do tamanho é uma raça dócil e fácil de domar. É usado para sela, tração, competições de carruagem e desfiles comemorativos. Na França, existem duas versões: o Postier e o Trait (maior e mais forte).

A raça Quarto de milha surgiu a partir dos cavalos selvagens mustangues, trazidos para América do Norte por colonizadores espanhóis no final do século 18. A partir de 1611, com a chegada de algumas éguas vindas da Inglaterra, cruzadas com esses cavalos, deu origem a animais compactos, extremamente dóceis e muito musculosos, capaz de correr distâncias curtas em grande velocidade. Os primeiros registros de corridas de animais dessa raça são de 1674, em Henrico County, no estado de Virgínia. Seu desempenho como corredor se deve à sua força grande força muscular.

O Quarto de Milha foi introduzido no Brasil em 1954, por iniciativa da empresa King Ranch, na região de Presidente Prudente. São versáteis, rústicos e inteligentes, com altura média de 1,52 a 1,62 e é usado para sela, corridas e saltos de obstáculos. E por fim, o Appaloosa, que foi desenvolvido por índios nez percé, da América do Norte. Com altura entre 1,47 e 1,57 é usado em competições de corridas e saltos e possui características interessantes como manchas e pintas pelo corpo, que dão beleza e diferencial a esse cavalo. Distingue-se pelas cores que são herança de cavalos primitivos, pois esta é uma raça muito antiga, já foram encontradas pinturas rupestres datadas de até 18.000 anos a.C.

O preço dos cavalos de raça é extremamente alto. Dependendo da raça, dos cuidados e da pelagem, o animal pode custar até quatro milhões de dólares. Tendo preços mínimos entre dez e quinze mil reais. Existem sites e empresas que atuam no mercado de compra e venda desses cavalos, para compra-los é preciso entrar em contato com esses meios, ou com donos que desejam vende-los. Seja para esporte ou para lazer, os cavalos são animais muito dóceis, que devem ser cuidados.

 

Cavalo de Raça

O cavalo tem sido há muitos anos um dos animais mais úteis para o homem. Já foi considerado o mais rápido e seguro meio de transporte em terra, quando os caçadores usavam o para perseguir os animais. Ou nas batalhas, os soldados lançavam-se à luta montados em cavalos de guerra. Esses animais já tiveram participações … Continue reading